Dez estratégias de marketing na loja que você precisa para começar hoje

O marketing digital e os meios de publicidade tradicionais oferecem oportunidades fantásticas de direcionar negócios para suas lojas. No entanto, existe uma ferramenta secreta responsável por converter os clientes assim que eles chegam, o marketing na loja.

O que é marketing na loja?

O marketing na loja se refere a estratégias de marketing que visam os clientes enquanto eles estão em uma loja física ou empresa física. Em vez de fazer marketing para os clientes para levá-los a um negócio, o marketing na loja se concentra em envolver e converter os clientes assim que eles chegam.

As estratégias de marketing na loja ajudam as marcas:

  • Promova produtos
  • Eduque clientes em potencial e compradores
  • Impulsione as vendas incrementais e cruzadas
  • Gerar leads
  • Crie reconhecimento e afinidade com a marca
  • Diminua os tempos de espera percebidos pelo cliente
  • Suporte às equipes de vendas e atendimento ao cliente

O marketing na loja permite que as marcas façam marketing para um dos clientes em potencial mais altamente engajados que jamais terão, alguém em sua loja. Ele controla a experiência do cliente, determina como os visitantes se envolvem com o ambiente e, eventualmente, leva os clientes da loja a fazer compras.

Então, como sua marca pode adotar estratégias de marketing na loja?

10 estratégias de marketing na loja

Com apenas algumas etapas, você pode melhorar sua experiência na loja e convencer mais clientes a comprar de sua marca. Confira essas dez estratégias de marketing na loja para aumentar as vendas em sua loja física.

Fonte: Reprodução: Pinterest

1. Oferecer WiFi grátis

Uma das maneiras mais fáceis de comercializar para clientes em seu local físico é com Wi-Fi grátis. Os clientes recebem suas mensagens de marketing quando entram, permitindo que você promova vários produtos e serviços em oferta.

O marketing de WiFi também oferece benefícios de marca que os clientes apreciam. Eles se divertem mais quando estão jogando em seus telefones e têm mais paciência ao esperar por sua equipe. Isso significa que eles provavelmente ficarão mais felizes e voltarão ao seu negócio no futuro.  

2. Incentive os clientes a fazer check-in e compartilhar

O WiFi gratuito para clientes também cria oportunidades para incentivar os clientes a fazer check-in nas redes sociais e compartilhar atualizações relacionadas à sua marca.

Seus clientes já estão jogando em seus telefones se estiverem logados em seu WiFi e leva apenas alguns segundos para apertar o botão de compartilhamento.

Considere testar diferentes frases de chamariz para fazer com que os clientes compartilhem. Você pode incentivá-los a postar fotos dos produtos que compram ou postar antes e depois de um serviço. Quando sua marca é marcada, você pode expandir seu alcance na web e expandir seus negócios.

3. Faça upsell para clientes com sinalização

O marketing na loja tem tudo a ver com atrair os clientes lá e agora. A sinalização é uma das melhores opções para aumentar suas vendas e fazer com que os clientes gastem apenas alguns dólares a mais cada vez que entram em sua loja.

Você pode fazer um upsell para os clientes destacando pacotes para economia adicional, promovendo produtos sazonais que eles podem experimentar e explicando os recursos de suas opções menos conhecidas. A sinalização digital claramente exibida e etiquetada facilita o marketing para os clientes e impulsiona as vendas. 

4. Foco em marketing experiencial

O marketing experiencial significa transformar o processo de compra em uma experiência, ao invés de uma transação. Os escritórios de saúde fazem isso oferecendo bebidas aos pacientes e criando salas de espera confortáveis, enquanto as lojas de varejo criam salas de espera e configuram tutoriais para os clientes testarem.

Observe sua empresa e considere maneiras de melhorar a experiência geral. Isso pode significar adicionar mais jogos e atividades à sua área de espera ou alterar a forma como seus funcionários interagem com os clientes. Boas experiências levam a críticas positivas e aumento nas vendas de clientes satisfeitos. 

5. Fornecer informações valiosas aos clientes

Embora o entretenimento seja uma parte importante da experiência do cliente, a educação também o é. Os clientes procuram sua marca porque a consideram a mais confiável e porque você oferece algo que eles não encontram em nenhum outro lugar.

Certifique-se de fornecer as informações corretas aos clientes e se posicionar como um especialista na área.

6. Compartilhe mensagens de áudio com os compradores

As mensagens indiretas são uma ferramenta poderosa de marketing na loja para falar sobre os próximos eventos e oportunidades de promoção. Você pode criar sons rápidos de dez segundos que você toca entre as músicas, incentivando as pessoas a experimentarem um novo produto ou se inscreverem em um serviço.

A natureza do áudio significa que todos estarão cientes das informações, mesmo que não estejam olhando para a sinalização de sua loja ou falando com um de seus funcionários. 

7. Faça seu entretenimento relacionado à sua marca

Se você distrair os clientes enquanto eles esperam com música, TV, curiosidades digitais e outras opções de entretenimento, certifique-se de que o conteúdo seja relevante para sua marca e apoie sua visão geral. Configurar um rádio ou transmitir TV a cabo significa que você está à mercê de outros criadores de conteúdo. Eles podem tocar uma música inadequada ou transmitir um comercial de um concorrente.

8. Alcance os clientes para pesquisas

Muitas empresas contam com pesquisas de clientes para solicitar feedback sobre o desempenho e melhorias potenciais. O caixa normalmente dá instruções aos clientes com códigos de pesquisa em seus recibos. No entanto, quando o cliente chega em casa, ele já se esqueceu da pesquisa e não fará nenhum esforço para completá-la.

Em vez disso, considere a criação de pesquisas na loja onde os clientes podem oferecer feedback antes de deixarem sua localização. Isso pode ser tão simples quanto configurar algumas telas sensíveis ao toque interativas na saída ou pedir a um funcionário para fazer uma pesquisa com as pessoas antes de elas saírem. Você pode até oferecer um desconto em serviços futuros depois de concluídos. Isso mostra que você está ouvindo enquanto fornece cupons para trazer os clientes de volta ao seu negócio.

9. Organize eventos dentro de seus escritórios

Os eventos dão aos clientes motivos para visitar sua localização, mesmo que não estejam comprando diretamente de sua marca. ABC Wine and Spirits atrai as pessoas com degustações de vinho e outras degustações. Os clientes podem saborear o vinho e provavelmente comprarão algumas garrafas enquanto estiverem lá.

A maioria das indústrias é capaz de hospedar clientes para eventos de uma forma ou de outra. Por exemplo, uma empresa automotiva pode criar um curso de treinamento básico de manutenção de automóveis ou um spa pode hospedar uma aula de bem-estar ou instruções de meditação. Mesmo que apenas algumas pessoas compareçam, os eventos na loja podem render significativamente.

Fonte: Reprodução: Pinterest

10. Analise o tráfego pedonal do cliente

Se você possui uma loja ou negócio em que os clientes circulam livremente para interagir com seus produtos ou serviços, você precisa analisar como as pessoas vivenciam sua configuração. Por exemplo, os varejistas em shoppings testam como as pessoas entram em suas lojas, o que elas olham primeiro e quais partes da loja elas ignoram.

Para monitorar o tráfego de pedestres, você pode usar o WiFi gratuito do cliente para rastreamento. Essa análise varia de acordo com a complexidade, mas algumas empresas oferecem sensores que monitoram o tráfego de pessoas e criam mapas de calor do layout de sua loja com os dados.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Marketing_digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *